quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Curso: Redes de saberes e relações ameríndias


Redes de saberes e relações ameríndias

Objetivo: O propósito desse curso é tematizar os modos diversos, mas complementares, de produção, expressão e transformação dos saberes e práticas ditas "tradicionais". Também está voltado à reflexão acerca de concepções de conhecimento e aprendizagem, que explicitam os processos de transformação de saberes no âmbito de redes traçadas em diversos contextos de transmissão.

Justificativa: A revisão da noção estática e totalizante de cultura empreendida pela Antropologia contemporânea é o pano de fundo para a discussão proposta no curso, verificando a contribuição de estudos recentes relacionados à constituição de identidades em contextos relacionais. O curso está voltado, principalmente, aos pós-graduandos da área de Etnologia Indígena, considerando o número significativo de pesquisas em andamento sobre temáticas relacionadas aos contextos de produção e transformação de "conhecimentos tradicionais".

Conteúdos: Discutir abordagens e métodos dos autores selecionados na bibliografia, bem como sua contribuição para a análise de políticas da "tradição", de concepções de autoria e propriedade, de regimes de produção de conhecimento, de formas de transmissão e de espaços de tradução.

Métodos utilizados: Aulas expositivas e seminários apresentados pelos alunos.

Atividades discentes: Resenhas de leitura e seminários apresentados pelos alunos.

Critérios de avaliação da aprendizagem: Apresentação de seminário; trabalho final sobre tema pertinente ao curso.



Programa de Leituras
(sujeito à alterações durante o andamento do curso)
acesse os arquivos aqui
Sessão inicial no dia 27/08/07: apresentação do curso

1. – Gestão do conhecimento (setembro)

1.1. Sessão do dia 10/09/07: "cultura"
Carneiro da Cunha, Manuela (org). 2005. Introdução. Patrimônio cultural e biodiversidade. Revista do IPHAN, n.32.
Carneiro da Cunha, Manuela. 2004. "Culture" and culture: traditional knowledge and intellectual rights. Marc Bloch conference (EHESS).
Harrison, Simon.1995. Anthropological perspectives on the management of knowledge. Anthropology Today, vol.11/5 (10-14)

1.2. Sessão do dia 17/09/07: "dono"
Coelho, Marcela S. 2005. A propriedade da cultura: transformações kisêdjê (suyá). Projeto de pesquisa de pós-doutorado. Núcleo Transformações Indígenas (NuTI)
Seeger, Anthony. 2004a. Chanter l´identité: musique et organisation sociale chez les indiens Suyá du Mato Grosso. L´Homme, vol.171-172 (135-150)
Gallois, Dominique T. 1988. Os habitantes do cosmos (O movimento na cosmologia wajãpi, cap.2)
1.3. Sessão do dia 24/09/07: "conhecimento"
Santos-Granero, Fernando e George Mentore. 2006. Apresentação (Antropologia e Conhecimento). Revista de Antropologia, vol.49/1
Mentore, George. 2006. O triunfo e a dor da beleza. RA, vol.49/1.
Gow, Peter. 2006. Canções "Purus". Nacionalização e tribalização no sudeste da Amazônia. RA, vol. 49/1
Complementar:
Mentore, George. 1993. Tempering the social self: body adornment, vital substance, and knowledge among the Waiwai. Journal of Archaeology and Anthropology, 9, 22–34.
1.4. Sessão do dia 01/10/07: "autoria"
Queixalos, Francesc. s/d. Le sikuani et la categorie de source de l´information.
Carlin, Eithne. (completar)

Complementar:
Graham, Laura. 1995. Performing Dreams. Discourses of Immortality among the Xavante of Central Brazil. Austin: University of Texas Press. 290 pp. – cap 5

2. Trocas e transações (outubro)
2.1. Sessão do dia 08/10/07: "eficácia simbólica"
2.2. Sessão do dia 15/10/07: "troca"
2.3. Sessão do dia 22/10/07: "caminhos"
2.4. Sessão do dia 29/10/07: "agência"
3. Criação e transformação de conhecimento (novembro)
3.1. Sessão do dia 05/11/07: "criação"
3.2. Sessão do dia 12/11/07: "transformação"
3.3. Sessão do dia 19/11/07: “tradução" (parte 1)
3.4. Sessão do dia 26/09/07: "tradução" (parte 2)
4. Sessão final do dia 03/12/07